Ventilação e perfusão: qual a relação com o sistema respiratório?

Ventilação e perfusão: qual a relação com o sistema respiratório?

January 30, 2020

O sistema respiratório tem como função principal garantir a troca de gases no corpo: captar o ar do meio ambiente, rico em oxigênio, e assegurar a sua chegada ao pulmão e eliminar o gás carbônico resultante do metabolismo celular. Juntamente com o sistema cardiovascular, o sistema respiratório provê, então, a quantidade adequada de sangue oxigenado a todos os tecidos do corpo, mantendo o organismo vivo e em pleno funcionamento.

 

Esse processo contempla algumas etapas, entre elas a ventilação e a perfusão.

 

Para entender melhor a relação entre perfusão e ventilação e o que ela representa no funcionamento do corpo humano, vamos primeiramente compreender cada uma dessas etapas no processo de trocas gasosas do organismo:

 

Ventilação: a renovação do ar

 

Ventilação é a entrada e saída de ar nos pulmões. Ela possibilita a entrada do ar vindo do meio ambiente e rico em oxigênio e sua chegada aos alvéolos pulmonares. Possibilita também a saída do ar carregado de gás carbônico, dos alvéolos até o meio externo.

 

 

Perfusão: o fluxo sanguíneo pulmonar

 

Perfusão é o mecanismo que bombeia sangue nos pulmões. O sangue oxigenado circula por meio das veias pulmonares, indo dos pulmões ao lado esquerdo do coração, que fará o bombeamento para o resto do corpo. Já o sangue pobre em oxigênio e rico em gás carbônico é bombeado pela artéria pulmonar, do coração até os pulmões, para que o dióxido de carbono seja expelido do corpo.

 

E qual a relação entre perfusão e ventilação e o que ela representa?

 

A relação fisiológica entre ventilação e perfusão é 0,8. Desequilíbrios nessa taxa geram hipoxemia, que é a insuficiência de oxigênio no sangue. Esse quadro tem uma série de consequências e pode desencadear lesões graves nos tecidos e mesmo risco de morte. O cérebro é um dos órgãos mais afetados pela hipoxemia – suas células podem morrer em cerca de cinco minutos pela falta de oxigênio.

 

Assim, é necessário que haja um equilíbrio entre a capacidade de ventilação e a perfusão sanguínea, processos indispensáveis para que as trocas gasosas ocorram de forma adequada, garantindo o funcionamento de todos os órgãos do corpo e a manutenção da vida.

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

Transporte aéreo investe em tecnologia de ponta para ganhar mercado

July 16, 2016

1/1
Please reload

Posts Recentes