Estudo de Usabilidade do FlexiMag Plus

February 13, 2019

 

Erros de utilização causados pelo uso inadequado dos equipamentos eletromédicos tem causado cada vez mais preocupação. Algumas formas de uso incorretas são passíveis de controle pelo fabricante. Quanto mais complicados ficam os equipamento, mais inevitáveis são os erros de utilização e acidentes. Muitos dos equipamentos disponíveis no mercado atualmente são pouco intuitivos e difíceis de aprender a usar (ABNT NBR IEC 62366).

Durante uma conferência da AAMI (Association for the Advacement of Medical Instumentation), o engenheiro de sistemas da agência americana FDA (Food and Drug Administration), Peter Carstensen, afirmou que mais de um terço dos incidentes envolvendo dispositivos médicos estavam relacionados a questões de usabilidades. Além disso, mais da metade dos recalls de dispositivos médicos por problemas de design envolvem questões de usabilidade (apud, Wiklund, 2006).

Estes erros poderiam ser evitados através da otimização do design do equipamento, com o objetivo de tornar a interface mais intuitiva. O processo de Engenharia de Usabilidade visa tornar os equipamentos mais seguros, mais eficazes e mais fáceis de usar (ABNT NBR IEX 60601-1-6,02011).

Com o objetivo de comparar a interface do FlexiMag Plus com a dos principais ventiladores do mercado e tendo como base o estudo de Yoshihiro Uzawa e colaboradores realizado em 2008, desenvolveu-se um estudo prático com 12 fisioterapeutas voluntários, sendo todos especialistas em fisioterapia cardiorrespiratória com pelo menos 3 anos de experiência em unidades de terapia intensiva, sendo excluídos do estudo aqueles que já haviam trabalhado com o FlexiMag Plus anteriormente,

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

Transporte aéreo investe em tecnologia de ponta para ganhar mercado

July 16, 2016

1/1
Please reload

Posts Recentes