• beatrizsantos4

Produtividade no segmento hospitalar


Como qualquer empresa ou organização que busca a melhoria contínua de seus processos e serviços, hospitais também precisam manter atenção permanente sobre sua produtividade. Há diversos indicadores que auxiliam esse acompanhamento e orientam o aperfeiçoamento de rotinas e o planejamento de recursos.


Confira alguns pontos de atenção para manter em alta a produtividade do seu hospital:

  • faça uma análise crítica sobre a taxa de ocupação de leitos: esse indicador aponta tempo de ocupação, rotatividade e ociosidade dos leitos, demonstrando sua usabilidade, para a tomada de decisão dos gestores. A taxa de ocupação de leitos, inclusive, é um dos requisitos avaliados em certificações e acreditações hospitalares, pois refletem a qualidade dos serviços prestados.

  • controle de forma inteligente seu estoque e suprimentos: evite desperdícios e a perda de suprimentos por vencimento do prazo de validade.

  • esteja atento à performance de agenda: indicadores relacionados à agenda envolvem a produtividade de um hospital em todos os seus setores. É necessário controlar a agenda e identificar desvios em tempo de espera e no número de atendimentos e procedimentos realizados em determinados períodos e por determinado número de profissionais, apurando as causas desses desvios e buscando as medidas mais adequadas para otimizar essas rotinas – não somente para uma maior produtividade, mas também visando a humanização do atendimento.

  • avalie a adequação de sua infraestrutura: a disponibilidade de equipamentos e materiais certamente tem grande impacto na produtividade do seu hospital. Eles devem ser suficientes em número, mas também em qualidade, de forma que seu desempenho e aplicabilidade correspondam ao esperado e não interfiram no fluxo de atendimentos e na experiência dos usuários.

  • usufrua das soluções disponíveis para facilitar a gestão hospitalar: há plataformas de gestão específicas para hospitais, que automatizam rotinas e facilitam o manejo de dados e a otimização de processos e recursos.

  • mantenha suas equipes treinadas e capacitadas: os profissionais precisam estar preparados para atuar dentro das rotinas e procedimentos estabelecidos.

Uma boa gestão, naturalmente, leva a bons índices de produtividade. E fazer uma boa gestão passa pela definição e acompanhamento de indicadores, nos aspectos clínicos, operacionais, financeiros e de satisfação dos clientes. Dessa forma, juntamente a uma infraestrutura tecnológica adequada e a uma equipe preparada, é possível manter desempenhos adequados e orientados ao resultado. Isso é positivo para a gestão, para seus profissionais e, sobretudo, para seus pacientes.


68 visualizações
  • Grey LinkedIn Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Facebook Icon

Rua Maquerobi, 201

04053-030 | São Paulo | SP | Brasil

marketing@magnamed.com.br

+55 11 3889-6910

Parque Industrial San José

Rua Santa Mônica, 801/831

06715-865 | Cotia | SP | Brasil

+55 11 4615-8500

MagnaService

+55 11 4615-8500